Serviços

Renovação da Frota

Sensivelmente um ano e meio após a tomada de posse do atual Executivo, a Junta de Freguesia continua a apostar na renovação da sua frota automóvel.
Pretendemos capacitar os nossos operacionais, de forma a permitir uma resposta rápida e de qualidade a todos os fregueses.
À nossa frota chega também a nova viatura, cedida pela Câmara Municipal de Loures, destinada à recolha de Monos, serviço que iniciaremos em breve!

PROJETO LIMPEZA 365

Sensível a todas as questões relacionadas com a limpeza urbana e o meio ambiente a Junta de Freguesia criou o Projeto Limpeza 365, que, para além dos serviços de varrição semanal que presta em todo o território da União de Freguesias, permite reforçar a limpeza urbana nas zona da Quinta da Fonte, Centro de Camarate e Centro dos Fetais, onde a varrição passa a ser feita todos os 365 dias do ano. Uma medida inovadora em todo o Concelho de Loures.

Em que consiste?
O Projeto Limpeza 365 consiste no reforço do serviço de varrição prestado pela Junta de Freguesia em três zonas distintas: Quinta da Fonte, Centro de Camarate e Centro dos Fetais.

Quando?
Todos os 365 dias do ano, desde o dia 4 de Agosto de 2018. Para além da varrição semanal, de segunda a sexta-feira, a Junta de Freguesia assegura a limpeza urbana aos sábados, domingos e feriados (nacionais e municipal).

Porquê estas três zonas?
Quinta da Fonte, Centro de Camarate e Centro dos Fetais são as três zonas onde, durante o fim-de-semana, período em que não existia serviço de varrição, mais lixo se acumulava nas ruas. São zonas onde existem grandes aglomerados populacionais e também comerciais.

O Projeto Limpeza 365 também engloba a recolha de resíduos urbanos e monos?
Não. A recolha de resíduos urbanos e de monos é da inteira responsabilidade dos Serviços Intermunicipalizados de Águas e Resíduos de Loures e Odivelas (SIMAR). A Junta de Freguesia não tem competência nem autorização para proceder à recolha e transporte de resíduos urbanos e monos. Sabemos que este é um problema grave e transversal a toda a União de Freguesias mas a Junta de Freguesia, bem como toda a população, continua a aguardar que os SIMAR encontrem a melhor solução para a ineficiência dos serviços prestados neste momento.

 

Back to top